Policia prende acusado de matar a mulher para ficar com o seguro de vida

Duas pessoas foram presas em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar contra suspeitos de tráfico de drogas, posse ilegal de armas e roubos de moto, realizada na manhã desta quarta-feira (11), em Igreja Nova, região do Baixo São Francisco. Ao todo foram cumpridos 12 mandados.

Durante a operação foram aprendidas arma, munições e uma quantidade de drogas não especificada.

De acordo com o 84º Distrito Policial de Igreja Nova, José Milton Moreira, conhecido como Cascão, 44, foi preso no município de São Sebastião, Agreste de Alagoas, em cumprimento a um mandado. Ele é suspeito de ter matado a esposa a pauladas para receber o seguro de vida.

O outro preso, Wesley Darliton dos Santos, 22, foi preso em flagrante com uma arma e munições dentro de casa, no centro do município. A operação ainda cumpriu outros 10 mandados de busca e apreensão.A coordenação da ação foi dos delegados Mário Jorge, diretor de área, e Gustavo Xavier, de Penedo.

O mandado de prisão preventiva, emitido pela Comarca de Igreja Nova, foi em desfavor de José Milton Moreira, mais conhecido como “Cascão”, de 44 anos. Ele é empresário e é acusado de ter orquestrado e executado a morte da esposa para conseguir o valor do seguro de vida da vítima.

O fato aconteceu em São Sebastião, onde o acusado estava.”Cascão” não reagiu a ação dos policiais. Na mesma operação, os policiais realizaram, ainda, a prisão de Wesley Darlinton dos Santos, de 22 anos, que também tinha mandado de busca e apreensão em aberto.

O suspeito foi detido em casa, na cidade de Igreja Nova. Com ele, foram aprendidas uma espingarda e munições. Ele foi conduzido à delegacia para lavratura do Flagrante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *