Policia autua acusados de assassinato em presídio

A Polícia Civil indiciou cinco detentos pelo assassinato de Wellington Lucas da Silva, encontrado morto dentro do Penitenciária de Segurança Máxima de Alagoas (PenSM), que fica no Complexo Penitenciário, parte alta de Maceió.

A informação foi confirmada ao G1 nesta segunda-feira (17) pelo delegado Eduardo Mero, coordenador da Delegacia de Homicídios da Capital.

O corpo de Silva foi encontrado na noite do último sábado (15) com uma corda amarrada no pescoço.

Segundo o delegado, os responsáveis pelo assassinato se chamam Alex Araújo Soares, Edvan Jacinto Santos da Silva, Erivânio Pereira dos Santos, Wellington Ribeiro da Silva e Leandro da Silva.

“Os cinco são reeducandos e foram autuados em flagrante. Portanto, cumprirão pena por mais um crime”, afirmou o delegado.

Já a Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), órgão responsável por gerenciar o sistema prisional, informou que foi aberto um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar as causas e circunstâncias do ocorrido.

Disse ainda que outras medidas sobre a morte estão sendo tratadas de forma sigilosa para não comprometer as investigações da Polícia Civil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *