PC prende acusado de matar por causa de R$ 50

Agentes da 3ª Delegacia de Homicídios da Capital (3ª DHC), da DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa), prenderam nesta sexta-feira (14) um prenderam Felipe da Silva, de 27 anos, suspeito de ser o autor do assassinato de Luan de Almeida Moura, de 32 anos. O crime teria sido cometido por uma dívida de R$ 50 resultando do tráfico de drogas.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu  no dia 19 de novembro, na localidade Acauã, no Conjunto Graciliano Ramos, sendo a vítima espancada violentamente a socos e pontapés.

Luan ainda resistiu, inicialmente, aos ferimentos, mas morreu horas depois no Hospital Geral do Estado (HGE), para onde havia sido levado.

Felipe foi preso, no bairro Village Campestre 2, após ter sua prisão preventiva decretada pela Justiça.

Ao ser interrogado, ele confessou a autoria do homicídio, e disse que costumava cheirar cocaína junto com a vítima, e esta lhe estaria devendo R$ 50. Outras pessoas teriam participado do espancamento, mas Felipe assumiu ter sido o autor do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *