Acusado de enterrar cachorro vivo é identificado e indiciado

Foi identificado o homem suspeito de enterrar vivo um cachorro em um terreno na Barra de São Miguel, Litoral Sul alagoano. A identidade do acusado não foi divulgada, mas, segundo a Polícia Civil (PC), ele já foi indiciado e deve responder por maus-tratos a animais.

De acordo com a PC, o homem contou que pensou que o cachorro estivesse morto, ligou para o dono do animal, do qual é amigo, para informá-lo e só depois o enterrou.

Ainda segundo a polícia, o inquérito já foi concluído e enviado à Justiça. O acusado deve responder pelo crime de maus-tratos, com base na Lei de Crimes Ambientais.

O cão foi socorrido em estado grave para uma clínica veterinária em Maceió, no dia 8 de janeiro, após ser enterrado vivo. Os gemidos do animal levaram populares a encontrá-lo e resgatá-lo de dentro do buraco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *