Jovem agredida por militar presta depoimento

A jovem de 18 anos agredida pelo subtenente do 4º BPM, André Dias, em dezembro do ano passado, foi ouvida na tarde desta terça-feira (15) pela delegada Cássia Mabel, responsável pela Delegacia de Defesa da Mulher 2, no bairro do Salvador Lyra, parte alta da cidade de Maceió.

O vídeo onde o militar aparece dando um tapa no rosto da vítima viralizou nas redes sociais. Familiares da jovem relataram que ela não consegue sair de casa e ainda está muito assustada com o ocorrido.

Em entrevista à TV Ponta Verde, Felipe Tomé, advogado da vítima, disse que ela não consegue sair de casa e ainda está muito assustada com o ocorrido: “As imagens falam por si só. É um caso de agressão despropositada”. O advogado revelou também a existência de outro vídeo que mostra a chegada do militar ao local de forma truculenta.

O pai da jovem agredida – que é sargento e trabalha no mesmo batalhão que o subcomandante – e testemunhas que estavam presentes no momento da agressão também compareceram a delegacia.

Em depoimento, o  acusado afirmou que só revidou a um tapa que recebeu da vítima.

O caso

A jovem foi agredida, durante seu noivado, no dia 25 de dezembro, em um condomínio localizado no bairro da Serraria, parte alta da cidade.

O comandante-geral da PM já tem conhecimento do caso e determinou a abertura de procedimento administrativo para apurar a conduta do policial, que está temporariamente afastado das funções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *