Cápsula contendo substância radioativa altamente perigosa é encontrada em Arapiraca

SECOM..ARAPIRACA

Uma cápsula de raio-x contendo césio-137 foi encontrada na tarde desta terça-feira (22) em um ferro-velho no bairro São Luiz II, na cidade de Arapiraca, Agreste alagoano. A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade. O material é uma substância radioativa altamente perigosa para a saúde e foi apreendido.

A Vigilância Sanitária de Arapiraca foi até o local, após receber uma denúncia anônima, e recolheu a cápsula. O proprietário do ferro-velho alegou que desconhecia o perigo que o material representa e não hesitou em entregar o equipamento. No entanto, ele não informou como adquiriu a cápsula.

O coordenador da vigilância sanitária, Edilson Melo, explicou que a cápsula estava fechada e, o que não oferece nenhum perigo, mas caso tivesse sido aberta, poderia ter contaminado pessoas e colocado em risco à comunidade.

O órgão também alertou que equipamento foi descartado de forma incorreta. A empresa responsável deveria ter passado o objeto a uma empresa especializada na manutenção de equipamentos de raio-X, que daria o destino adequado a cápsula, sem riscos.

Há 32 anos, um acidente com o césio 137 foi registrado em Goiânia. Considerado o maior acidente radiológico do mundo, onde centenas de pessoas morreram contaminadas pelo material e outras tantas ficaram com sequelas irreversíveis. A cápsula foi encontrada por catadores, que abriram o equipamento e encantados com o pó azul propagaram a contaminação.

Se identificada, a empresa que realizou o descarte irregular poderá responder criminalmente por colocar a população em risco. A denúncia anônima realizada em Arapiraca evitou uma tragédia. A vigilância sanitária do município pede que quem tiver informações ou denúncias para o órgão deve ligar para o telefone 3530-3302, das 8h às 14h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *