Polícia prende suspeita de matar namorado envenenado por chumbinho em Maceió

A Polícia Civil prendeu em Maceió no final da manhã desta quinta-feira (14) a mulher suspeita dematar o namorado, Rafael José Calheiros dos Santos, envenenado por chumbinho, um tipo de veneno de rato. Steffany Rayanne dos Santos Vieira, de 21 anos, nega as acusações.

De acordo com o delegado Ronilson Medeiros, a jovem não aceitava o fim do relacionamento. “A situação é que ele iria terminar o relacionamento e ela não aceitou. Ela matou por ciúmes, sentimento de posse”, falou o delegado.

A prisão preventiva de Steffany foi decretada pela juíza Isabelle Coutinho Sampaio, da 5ª Vara Criminal de Maceió.

Rafael Santos morreu no dia 24 de novembro de 2018 no Hospital Geral do Estado (HGE), depois de ficar internado por quase 10 dias.

Em uma entrevista à TV Gazeta em 2018, sem se identificar, a jovem falou sobre a morte do namorado. “A família está me acusando porque nunca aceitou, realmente, o nosso relacionamento. Então, pra mim, é por isso que eles estão me acusando”, disse ela.

A irmã de Rafael, Edja Calheiros dos Santos, contou que encontrou o irmão se debatendo no chão. Antes de ser atendido no HGE, ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O médico da unidade falou da suspeita de envenenamento e pediu para os parentes de Rafael voltarem para casa e procurarem alguma pista do que poderia ter provocado o envenenamento.

Edja Calheiros contou que a família encontrou o chumbinho em uma lixeira da casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *