Suspeito de matar vizinho em PE é preso em Alagoas

Ao ser preso, nesta terça-feira (14), em sua casa, no bairro Taperaguá, na cidade de Marechal Deodoro, Adriano José da Silva foi surpreendido.

Após assassinar um vizinho a tiros há 14 anos na cidade de Ipojuca, em Pernambuco, Adriano escolheu peregrinar para fugir da Justiça. Nesse período, ele refez a vida, encontrou emprego, esposa e teve um filho, mas agora deve prestar contas pelo passado criminoso.

A prisão de Adriano foi realizada pela equipe da delegacia de Marechal Deodoro, sob o comando do delegado Leonam Pinheiro. Segundo o delegado, Adriano vivia um vida de nômade.

“Ele já tinha passado por diversas localidades. Ele era nômade, não ficava em um local só, porque sabia que a polícia poderia estar no encalço dele. Ele já morou em algumas outras cidades de Pernambuco e aqui em Alagoas”, colocou, acrescentando, ainda, que o acusado já chegou a morar na cidade do Pilar.

O mandado de prisão preventiva contra Adriano foi expedido em 28 de fevereiro deste ano. Ele agora será encaminhado para a Justiça pernambucana. Logo após ser preso, em depoimento, Adriano confessou o crime, mas disse que não foi intencional.

O fato teria acontecido na casa de uma irmã dele. Segundo Adriano, o vizinho chegou alterado na casa da irmã e teria tentado lhe agredir com um facão. Nesse momento Adriano disse que precisou atirar contra o vizinho para preservar a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *