Acusado de matar mulher em São Sebastião é identificado,mas ainda não foi localizado

Um homicídio foi registrado na noite de quinta-feira (04) no Centro da cidade de Feira Grande, na região Agreste do estado de Alagoas, continua sendo investigado.  Segundo informações, um homem, identificado apenas como Sandro, matou a ex-esposa, Maria Bruna Soares, 24 anos, a tiros.

O crime ocorreu por Sandro não aceitar a separação. Ainda de acordo com o que foi apurado, o rapaz avistou a jovem, há dois dias, na companhia de outro rapaz.

Bruna morreu no local antes de receber socorro médico. A Polícia Civil e os Institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) foram até o local para iniciar as investigações e realizar perícia e recolhimento do corpo.

O suspeito do crime, segundo populares era funcionário da Prefeitura de Feira Grande, e fugiu após cometer o ato criminoso

A irmã de Maria Bruna Soares da Silva – assassinada na porta de casa no município de Feira Grande na noite da última quinta-feira (4) – disse que o ex-marido e principalmente suspeito do crime era agressivo e vinha sendo apelidado de “corno” pelos amigos.

Em entrevista, Adelane Tomaz, de 21 anos, contou que a irmã chegou a acionar a polícia em um momento de agressão do ex-marido, Sandro Barbosa da Silva, de 39 anos.

“Ele estava bebendo muito, envolvido com pessoas erradas. Era pressionado pelos amigos, diziam que ele tinha sido traído e o chamavam de corno. Foi juntando tudo na cabeça dele, comprou uma arma e pronto”, contou Adelane.

Maria Bruna Soares da Silva e Sandro Barbosa da Silva foram casados por 10 anos, e tiveram uma filha. No último domingo (30), a vítima pediu separação e quatro dias depois foi assassinada na porta da casa em que dois moravam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *