Homem sai para filmar acidente e desaparece após discutir com guardas municipais em Luziápolis

O homem identificado como José Renildo Cassimiro da Silva, de 26 anos, está desaparecido desde o último dia 05, sexta-feira. O jovem sumiu após uma abordagem realizada por dois guardas municipais enquanto filmava um acidente no Distrito de Luziápolis, cidade de Campo Alegre.

A esposa do servente de pedreiro, Djéssica Nascimento dos Santos, informou que seu marido saiu de casa na tarde de sexta-feira alegando que iria filmar um acidente que aconteceu na região, entre uma motocicleta e um pedestre. No local, ele teria se desentendido com os guardas municipais, teria sido agredido pela dupla e levado na viatura supostamente para Delegacia de Teotônio Vilela. Contudo, para a surpresa da família, José Renildo não chegou ao 79º Distrito Policial de Teotônio Vilela e até então segue desparecido.

Ainda de acordo com a esposa de José Renildo, familiares já o procuraram em hospitais, delegacias, tanto de Teotônio Vilela como de São Miguel dos Campos, mas ninguém sabe de seu paradeiro. Segundo a mulher, há informações de que a viatura da GM foi vista com um vidro quebrado e manchas de sangue e que após as acusações da família, os guardas municipais, envolvidos no episódio, não foram mais localizados.

A esposa informou que nem o celular e nem uma bicicleta, de cor verde, pertencentes a José Renildo, foram encontrados até o momento.

A Prefeitura de Campo Alegre informou que já iniciou o processo administrativo para demitir os guardas municipais envolvidos no caso. Além disso, já disponibilizou para a Justiça as imagens de segurança do sistema de monitoramento que flagram o acidente e a abordagem dos guardas municipais.

A Prefeitura também alega que repudia este tipo de conduta e que não apoia qualquer ação que fuja das funções reais da Guarda Municipal.

Confira a nota da Prefeitura na íntegra:

“A Prefeitura de Campo Alegre vem a público se pronunciar sobre o caso envolvendo Guardas Municipais, ocorrido no distrito Luziápolis, e ao mesmo tempo lamentar e repudiar tal conduta, pois esse não se trata do verdadeiro exercício da função de Guarda Municipal.

A Guarda Municipal é uma instituição de segurança pública municipal de caráter civil, uniformizada de acordo com a lei federal N° 10.826, tendo como finalidade precípua o dever de gerar segurança nos limites do município.

Logo que tomamos conhecimento de tal fato, já foi dado abertura a processo administrativo para demissão dos homens envolvidos em tal conduta, pois prezamos pela segurança, pela paz e pela correta atuação profissional, seja em quaisquer função exercida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *