Áudio exclusivo:Programa Canal 96 e detalhedanoticia.com.br entrevistam irmão de mulher assassinada pelo marido na frente de menino de 7 anos em Senador Rui Palmeira

Uma mulher identificada como Quitéria dos Santos, de idade não revelada, foi morta no começo da noite da última quinta-feira (07/11), a pauladas, no Sítio Alto do Couro, na zona rural do município de Senador Rui Palmeira, no Sertão de Alagoas.

De acordo com informações apuradas pelo detalhedanoticia.com.br e pelo programa Canal 96(apresentado pelo radialista Mitchel Torquato), o principal suspeito do crime seria o companheiro da vítima. Testemunhas afirmam que, após o crime, o homem se evadiu do local.

Uma guarnição do Grupamento de Polícia Militar (GPM) do município sertanejo foi acionada para o local do crime. Uma equipe da Polícia Civil da Delegacia Regional (2ª DRP) de Santana do Ipanema foi acionada para a cena, onde foram feitos os procedimentos necessários e foram acionados os Institutos Médico Legal (IML) de Arapiraca e de Criminalística (IC).

O caso deve ser investigado pelo Delegado Emanuel David, delegado do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de São José da Tapera, que também responde pelo município de Senador Rui Palmeira.

A reportagem do nosso portal, conseguiu então conversar com um irmão da vítima na situação. Em seu relato, ele informou que uma criança de 7 anos, filho do casal, presenciou a mãe ser assassinada.

O cidadão relatou que o seu sobrinho conseguiu contar em detalhes como tudo ocorreu. O acusado na situação, já havia inclusive ameaçado matar a mulher antes, e já tinha até afirmado isso para os próprios irmãos dela, mas eles achavam que fosse da boca para fora.

Segundo informações também passadas pelo irmão da vítima, o casal estava reunido com amigos, sendo que o homem havia pedido para a mulher pagar para ele bebida, e ela havia atendido o pedido normalmente, e ele começou a jogar baralho e beber. Algum tempo depois, o casal e um filho deles saíram do local, com destino a sua residência, e foi quando em um trecho da estrada, o inesperado aconteceu.

o crime ocorreu após uma discussão, sendo que no local, naquela estrada, só estavam a vítima, o agressor e o filho do casal, no caso, o menino, que teria pedido ao pai que ele não matasse a sua mãe, mas o pedido não foi atendido, e a vítima foi assassinada a golpes de pauladas na cabeça, na frente do menino.

Após desferir várias pauladas na cabeça da mulher, o acusado ainda chegou a ir até a sua residência, pegou umas peças de roupas e fugiu, sem deixar pistas.

Ouça abaixo áudio da entrevista exclusiva, concedida pelo irmão da vítima, falando ao radialista Mitchel Torquato, da rádio 96 FM dentro  do programa Canal 96.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *