Áudio exclusivo:Delegado fala ao detalhedanoticia e ao Canal 96 sobre assalto á consultório na Avenida Rio Branco e confirma que vítimas afirmaram que elemento que está foragido participou do assalto.

Mais uma informação de assalto surgiu em Arapiraca na última segunda-feira (20) onde ocorreu no centro de Arapiraca, em um consultório médico, situado na Avenida Rio Branco,que foi alvo de assaltante.

De acordo com a informação inicial, após terem acesso ao local, os criminosos renderam os pacientes e os funcionários que estavam no local e levaram aparelhos celulares e relógios. O assalto aconteceu no início da tarde desta segunda-feira e a Polícia Militar foi acionada, realizou rondas, porém, até o momento os acusados não foram localizados.

O que ninguém sabia, e que o portal detalhedanoticia.com.br levantou em primeira mão, é que o principal mentor do assalto, foi um elemento que já foi alvo de prisão após cometer assalto. Segundo informações passadas para a polícia, o assaltante  Fernando José da Silva, que já assaltou outros estabelecimentos, foi reconhecido pelas vítimas.

A informação de que o mesmo foi reconhecido pelas vítimas do assalto da última segunda-feira, foi passada pelo delegado Fernando Lustosa, que falou sobre o caso e disse que o elemento está foragido. As vítimas estiveram na Central de Policia de Arapiraca, foi feito o B.O e a polícia informou que uma faca utilizada no assalto foi deixada no local pelo criminoso.

Relembre as situações anteriores –

Na manhã da última quarta-feira (15), Fernando José da Silva, 35 anos, preso por praticar assaltos no centro de Arapiraca, passou por audiência de custódia, ganhando a liberdade provisória com medidas cautelares. Uma das medidas seria internar-se em uma clínica de reabilitação para tratar da dependência química.

O que foi definido na Audiência de Custódia

Na audiência que foi realizada nesta quarta-feira (15), como ele confessou ser usuário de drogas e que tinha o desejo de tratar-se do vício, o juiz determinou a liberação do preso, impondo medidas cautelares.

Dessa forma, CONCEDO A LIBERDADE PROVISÓRIA a FERNANDO JOSÉ DA SILVA, impondo as medidas cautelares previstas de: 1) comparecimento trimestral em juízo para informar e justificar suas atividades; 2) obrigatoriedade de apresentação do comprovante de residência no prazo de 05 (cinco) dias; 3) proibição de frequentar lugares congêneres relacionados ao fato delituoso, devendo o(a)(s) flagrado(a)(s) permanecer distante desses, para evitar o risco de novas infrações; 4) não alterar de residência ou sair da comarca por mais de 08 (oito) dias, sem autorização judicial; 5) recolher-se a sua residência das 22:00 até às 05:00 horas; 6) Não manter contato com as vítimas, seja por qual meio for; 7) comparecimento na Clínica Anjos da Paz, situada na Av. Ceci Cunha, nesta cidade.

Fica o(a)(s) flagrado(a)(s) advertido(a)(s) que o descumprimento das condições implicará na decretação da prisão preventiva.

Acusado fugiu de internamento-

Poucas horas após ganhar a liberdade, alegando o desejo de tratar-se contra o vício em drogas, Fernando José da Silva, 35 anos, fugiu da clínica de reabilitação.

Fernando José havia sido preso preso na última terça-feira, 14, após assaltar um Centro Médico, na tarde de segunda-feira, em Arapiraca. A soltura do suspeito ocorreu em uma audiência de custódia nesta quinta-feira, onde ele teve a prisão convertida em liberdade provisória, com medidas cautelares. Uma das medidas cautelares é a internação em uma clínica de reabilitação de dependentes químicos.

Após ser levado para o local onde faria seu tratamento médico, no Projeto Anjos da Paz, em Arapiraca, Fernando José fugiu do local, afirmando que não pretendia tratar-se do vício em drogas. “Mesmo com a tentativa dos nossos técnicos, para que ele realizasse o tratamento, ele foi embora”, informou a assessoria do órgão.

“Como nosso acolhimento é voluntário, não podíamos forçar o rapaz a ir para uma comunidade acolhedora, e desta forma ele saiu do Centro de Acolhimento, até de forma brusca correndo pela rua. Informamos o caso à 52ª Delegacia de Polícia Civil de Arapiraca e à 8ª Vara de Justiça por meio de ofício”, completou a assessoria.

Segundo informações confirmadas pela nossa reportagem, o rapaz agora é considerado foragido, já que a 8ª Vara Criminal de Arapiraca, confirmou que foi expedido um mandado de prisão preventiva contra o rapaz. A Polícia Civil informou que o assaltante estará sendo preso assim que for localizado.

Ouça abaixo a entrevista exclusiva concedida pelo delegado Fernando Lustosa, 52 DP de Arapiraca, falando sobre o assalto ocorrido por último e sobre as denuncia que já chegaram e os procedimentos a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *