Áudio:Delegado da DHA (Delegacia de Homicídios de Arapiraca) fala ao detalhedanoticia e conta mais detalhes sobre prisão de acusado de homicídio

Agentes da  Delegacia de Homicídios de Arapiraca (DHA) prenderam na manhã desta quarta-feira (22) um jovem de 19 anos, acusado de homicídio.

Apesar da pouca idade, o jovem é tido como perigoso e integrada uma facção criminosa que possui ramificações em todo o país.

A vítima do crime foi Wallison José dos Santos, morto com cinco tiros, por volta da meia-noite, do dia 21 de outubro do ano passado, em um trecho da Rua São José, localizada no Sítio Serrote, na Vila São Francisco, zona rural daquele município.

De acordo com as investigações, comandadas pelo delegado Felipe Caldas, titular da DH de Arapiraca, o assassinato teria duas motivações: ciúmes e os constantes desentendimentos entre acusado e vítima.

O acusado é ex-marido de uma prima de Wallison que a defendia sempre que o ex tentava agredi-la.

Dias antes do crime, o acusado tentou  matar a ex-mulher, com um punhal, e Wallinson conseguiu evitar o crime, sendo ajudado por parentes da jovem. Na ocasião, o suspeito ameaçou mata-lo.

A vítima dizia a todos que estava sendo ameaçada, e no dia do crime retornava de uma festa para casa quando foi atingido pelos disparos feitos por um homem que estava em uma moto, na qual fugiu.

O suspeito teve a prisão preventiva decretada pelo juiz da 8ª Vara Criminal de Arapiraca, e já foi levado para a Casa de Custódia da cidade. O delegado Felipe Caldas, trouxe mais detalhes e falou sobre o caso, em entrevista ao detalhedanoticia.com.br , onde o mesmo conversou com o radialista Mitchel Torquato.

“A importância das técnicas adotadas pelo investigadores que temos, a participação da sociedade nas denuncias e o apoio da Secretaria de Segurança Pública, que nos disponibiliza os meios necessários, são fundamentais para a elucidação de casos como esse. O crime ocorreu em local pouco iluminado, não há câmeras, e além disso outros pontos tornaram a investigação ainda mais difícil, mas graças a DEUS, temos essa busca por investigar com muita dedicação cada caso” Disse o delegado.

Ouça abaixo a entrevista a integra.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *