Polícia divulga imagens de homicídio em Arapiraca e procura autores do crime

A polícia divulgou imagens de um crime de homicídio ocorrido no dia 2 de maio de 2020, no bairro Zélia Barbosa Rocha, em Arapiraca. Diogo Rocha Rodrigues foi assassinado a golpes de arma branca depois de uma bebedeira com amigos.

A vítima, de 23 anos, era um ex-detento. Na época, ele possuía um mandado de prisão em aberto. Diogo ainda tentou correr dos autores, mas caiu próximo à Unidade Básica de Saúde Dr. Edler Lins.

Nas imagens é possível ver cinco pessoas envolvidas na confusão, a vítima e mais quatro homens. Um deles corre, parece tentar impedir o crime. Os outros três atacam o rapaz, que é golpeado em seguida. Uma jovem também aparece nas imagens, e corre, assustada com o que vê.

A polícia pede para quem tiver informações sobre o paradeiro dos autores que denuncie pelo 181. A identidade do denunciante será mantida em sigilo.

Relembre o caso-

A Delegacia de Homicídios de Arapiraca, concluiu o inquérito que investigou a morte de Diogo Rocha Rodrigues,que foi assassinado a golpes de arma branca na noite de sábado (02/03/2020), na Rua José Afonso de Lima, localizada no Bairro Zélia Barbosa, na cidade de Arapiraca. A vítima, de 23 anos, tinha passagem pela polícia e um mandado de prisão em aberto.

Informações colhidas no local davam conta de que a vítima estava bebendo com amigos, quando ocorreu uma discussão e o homem acabou esfaqueado. Ele ainda tentou correr, mas caiu, sem vida, próximo à Unidade Básica de Saúde Dr. Edler Lins.

O rapaz tinha passagens pelo Sistema Penitenciário por roubo de moto. Ao ser  consultada sua ficha, foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão em aberto. O que chamou  atenção, é que no mesmo dia, horas antes, Diogo havia esfaqueado um rapaz conhecido como Alexandre, no mesmo bairro, sendo que o Alexandre sobreviveu. Depois disso, a Delegacia de Homicídios, através da equipe do delegado Felipe Caldas, começou a trabalhar no caso, do assassinato de Diogo, que foi elucidado e teve confirmado que três pessoas haviam cometido co crime.

A informação sobre a elucidação do caso, foi passada em primeira mão pelo delegado, para a reportagem do detalhedanoticia.com.br, em entrevista ao radialista Mitchel Torquato, apresentador do programa Canal 96, da rádio 96 FM Arapiraca.

O delegado falou sobre o caso, como se deu toda a situação até a morte de Diogo e revelou que três acusados são foragidos.

Segundo informou o delegado Felipe Caldas, a sua equipe de investigação descobriu que o Diogo (vítima do homicídio) estava  em casa,durante a tarde  bebendo com o sobrinho   matheus, e que ali também estavam duas moças Tamires companheira do Diogo e a  prima da Tamires, chamada Nina. As  duas ficavam indo   buscar bebida no bar conhecido como Bar do Juca.

E nessa ida no bar , as moças voltaram e continuaram bebendo,sendo que em determinado momento, Diogo saiu de casa e foi ao mesmo bar buscar bebida com seu sobrinho Matheus, e foi ai que um rapaz conhecido como pequeno , que seria um conhecido, plantou então a semente da maldade, falando para Diogo que o rapaz conhecido como  Alexandre, teria dado em cima  da mulher do Diogo quando ela havia ido anteriormente ao bar.

Segundo o delegado, começou ai toda a situação, pois  Diogo  ficou enfurecido e acabou indo ao encontro de Alexandre e o esfaqueou, sendo que matheus segurou Diogo, para que ele não matasse Alexandre,que mesmo ferido, Alexandre  conseguiu  fugir e  foi socorrido para o HE

O que chamou a atenção após essa situação, é que E Diogo e matheus retornaram para casa de Diogo, e voltaram a beber, mas depois, a pessoa do rapaz conhecido como  Pequeno(que havia falado do Alexandre ), apareceu ali novamente, sendo que desta vez acompanhado de um rapaz conhecido como Dodô  e outro conhecido como gabriel, chegaram a  casa do Diogo e disseram que tinha um comparsa do Alexandre , que era outro rapaz conhecido como bebê,  e que estava no bar do Juca,e que se o Diogo quisesse, eles ajudariam o Diogo a pegar também o tal rapaz, Diogo acreditou e acompanhou os três até o bar do Juca.Diogo não sabia, mas estava sendo atraído para a morte,antes mesmo de chegarem ao bar.

A equipe de investigação conseguiu imagens de câmeras de segurança que filmagem começaram a esfaquear Diogo, sendo que naquele instante, Matheus e nina tentaram separar, e o elemento conhecido como pequeno tentou esfaquear Matheus,  e nisso, Diogo tentou correr, mas foi de novo esfaqueado e morreu no local, após sofrer golpes de faca e facão.

O delegado Felipe Caldas, falou que pediu as prisões dos três envolvidos direto no crime, e que as demais pessoas que estavam ao redor da situação, não deverão responder como participes, visto que não tiveram como reagir, devido o fato de os TRÊS ACUSADOS  também terem oferecido ameaça de morte a essas pessoas. Os acusados são considerados foragidos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *