Após conquistar vaga na Série D do Brasileirão, CSE bate o ASA e abre vantagem na seletiva por vaga na Copa do Brasil

O CSE confirmou o favoritismo e largou na frente na disputa por uma vaga na Copa do Brasil de 2022. O Tricolor derrotou o ASA por 2 a 1, de virada na tarde deste domingo (23), em Palmeira dos Índios e manteve a invencibilidade no Estádio Juca Sampaio.

Com a boa vantagem construída no primeiro jogo da seletiva, o CSE pode empatar na próxima quarta-feira (26), no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, que garante a vaga da Copa do Brasil do próximo ano.

De acordo com o regulamento, em caso de resultados ou saldo de gols iguais, a decisão será decidida nos pênaltis para definir a vaga na competição nacional.

Em termos financeiros, a vaga assegura ao classificado pelo menos R$ 560 mil (premiação dada aos classificados da edição de 2021). Para o CSE será outro feito inédito, pois com uma vitória por 2×1 contra o Aliança, na última quarta-feira (19), o Tricolor entrou para a história do futebol e, pela primeira vez, participará da Série D do Brasileirão do próximo ano.

Tabu quebrado

Com juros e correção, o CSE encerrou o longo e incômodo jejum sem vencer o Clássico do Interior, que durava desde 2009 e carimbou a vantagem, neste domingo, com uma incontestável vitória por 2 a 1, em Palmeira dos Índios. Alan e Cristiano marcaram os gols do CSE que garantiram a vitória no Clássico do Interior. Johnnattan marcou o gol do ASA.

Histórico

No histórico do clássico a vantagem é larga e amplamente alvinegra. Desde 2009 o ASA não perdia para o CSE. Alguns embates não aconteceram em determinados períodos, ora por conta de rebaixamentos do tricolor, ora pelo regulamento do Campeonato Alagoano.

De lá para cá foram 17 partidas. Com 11 vitórias do ASA e 6 empates. Nos confrontos mais recentes, foram duas vitórias alvinegras em 2020 e dois empates em 2021. Quatro dessas vitórias foram no Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios; em 2009, 2011, 2018 e 2020.

Ficha técnica

Seletiva da Copa do Brasil – 1º jogo
Domingo, 23/05/2021
Estádio Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios
CSE 2 x 1 ASA
Gols: Johnnattan (ASA); Alan e Cristiano (CSE)
Cartões amarelos: Renato e Emerson (CSE); Gabriel, Lázaro, Thiago Potiguar e Fernandinho (ASA)

CSE – Alexandre; Renato, Eduardo Bahia, Cristiano e Jackson; Jair Amaral (Jan Pieter), Emerson, Dakson (Everlan) e Cleiton; Luizinho (Jupi) e Alan. Técnico: Jaelson Marcelino

ASA – Dida; Lázaro, Caíque Baiano, Marcelo e Ítalo; Johnnattan, Thiago Potiguar (Joanderson), Carlos Magno (Dinda) e Gabriel (Fernandinho); Vinícius e Edson Kapa (Xande). Técnico: Ademir Fonseca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *