Áudio: mãe de Roberta dias fala ao detalhedanoticia.com.br, agradece ao empenho da equipe do Iml de Arapiraca e pede justiça no caso; justiça não permitiu liberação para sepultamento

A família da jovem Roberta Dias, que desapareceu em 2012 na cidade de Penedo, no Baixo São Francisco, cancelou toda a cerimônia programada para esta quarta-feira (21), envolvendo o cortejo e o sepultamento da jovem que desapareceu em abril de 2012 na cidade ribeirinha.

Segundo informou a família de Roberta Dias ao Detalhedanoticia.com.br e ao programa canal 96 , apresentado pelo radialista mitchel Torquato, o cancelamento aconteceu porque a justiça ainda não liberou os restos mortais da jovem e por isso, ainda não há previsão para que a cerimônia programada pela família possa acontecer.

O Promotor de Justiça Sitael Jones Lemos, da 4º Promotoria de Justiça de Penedo, disse também que a família foi orientada a adiar o sepultamento porque ainda existem prazos a serem cumpridos dentro do processo e que ainda há a possibilidade da defesa de Mary Jane e Karlo Bruno, denunciados por envolvimento na morte de Roberta Dias, solicitar a contraprova do resultado do laudo pericial divulgado pelo Laboratório de Genética Forense no Instituto de Criminalística no dia 14 de julho deste ano, confirmando que os restos mortais encontrados em abril de 2021 enterrados em um areal na Praia do Peba, em Piaçabuçu, são de Roberta Dias

No fim de semana a mãe de Roberta Dias divulgou uma programação com homenagens para a filha programada para esta quarta-feira (21) nas cidades de Penedo e Piaçabuçu, onde Roberta nasceu.

História

Roberta Dias tinha 18 anos de idade e estava gestante quando desapareceu em 11 de abril de 2012 depois de sair de casa para fazer uma consulta de pré-natal em Penedo, onde morava com a mãe. Foi a última vez que foi vista na cidade. Roberta Dias desapareceu e a suspeita é que Mary Jane Araújo, mãe do então namorado de Roberta, Saulo Araújo, que na época tinha 17 anos, teria envolvimento com o desaparecimento da jovem porque a família de Saulo seria contra o relacionamento dele com Roberta.

Em 2018, o vazamento de um áudio periciado pela PF de uma conversa entre Karlo Bruno, amigo de Saulo, namorado de Roberta à época e pai da criança que ela esperava, deu uma reviravolta no caso. No áudio, Karlo Bruno conta com detalhes como ele teria executado Roberta Dias com a ajuda de Saulo e onde teria enterrado o corpo, justamente na região entre Feliz Deserto e Piaçabuçu, onde os restos mortas de Roberta foram encontrados em abril deste ano.

Audiência

Uma audiência de instrução está marcada para o dia 27 deste mês, devendo ocorrer de forma remota. Na audiência, deverão ser ouvidas cinco testemunhas e os dois acusados pelo assassinato de Roberta Dias, Mary Jane Araújo, mãe de Saulo, e Karlo Bruno, amigo do então namorado de Roberta Dias.

Mary Jane e Karlo Bruno respondem ao processo em liberdade. Saulo Araújo, que à época do crime era menor de idade, não foi incluído como réu na ação penal, sendo citado no processo apenas como testemunha.

O radialista mitchel Torquato entrevistou a mãe de Roberta e também falou com o esposo da mãe de Roberta. Em entrevista, a mãe da jovem assassinada falou sobre o Caso, pediu justiça, agradeceu ao empenho dos profissionais do Iml de Arapiraca pelo acolhimento e esforço para que as dúvidas sobre a identificação fossem tiradas e finalizou fazendo apelo para que a situação na justiça seja resolvida para que a família possa enfim fazer o sepultamento.  Ouça abaixo a entrevista na íntegra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *