CASO ELEN: DELEGADO DEVE CONCLUIR INQUÉRITO DE SUMIÇO NA PRÓXIMA TERÇA

O delegado Renivaldo Batista disse à reportagem, nesta sexta-feira (26), que vai concluir o inquérito sobre o desaparecimento de Elen Karoline dos Santos, de 18 anos, na próxima semana. A jovem está desaparecida desde o dia 4 de novembro, em São Sebastião. Ela saiu dizendo que ia para à escola e só deixou um bilhete. Até o momento, segundo o delegado, os indícios apontam que ela fugiu.

“Encerro as investigações na próxima terça feira, com todas as pessoas ouvidas, parentes, professores onde ela estudava. Falta somente uma irmã a qual trata ela como filha, mas ontem estava bastante nervosa, ficou agendada para a próxima semana”, disse o delegado.

Renivaldo disse, ainda, que a jovem enviou um e-mail para a direção da escola. “Escutamos parentes, professores, amigos onde estudava e outros. Inclusive, temos e-mail dela encaminhado à direção da escola e leva aos indícios que realmente fugiu. Incompatibilidade, família e namorado”.

Os detalhes serão repassados pelo delegado na conclusão do inquérito da Polícia Civil na próxima terça-feira, 30.

O CASO

Elen Karoline dos Santos desapareceu após sair da casa dos pais do ex-marido. Ela seguia em direção à escola onde estuda, no município de São Sebastião, no Agreste de Alagoas. De acordo com a polícia, tudo indica que a iniciativa da jovem se deu após uma briga com o ex-companheiro.

Antes de desaparecer, ela deixou uma carta em tom de despedida. “Estou indo embora. Não se preocupem, eu estou bem melhor sozinha. Siga sua vida que eu seguirei a minha. Mulher precisa de amor, carinho e atenção. Eu até tentava e você só me recusava. Mas como você disse que eu poderia ir que você não ia atrás. Eu cansei, deixe minhas coisas com a Lena ou a Eliene, eu amo elas e minha mãe. Fique com a TV como forma de pagamento do celular que você me deu. Vai ser feliz só. Fui tchau, vê se muda. Deus te abençoe”, diz trecho da carta.

Após o desaparecimento, a jovem não entrou em contato com os familiares. Elen morava na casa dos sogros há cerca de um ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *