Vídeo: delegado da DHA fala ao detalhedanoticia e diz que inquérito sobre assassinato de frentista está concluído e já está na justiça; indiciado que havia se apresentado e liberado, tentou atrapalhar investigação e polícia descobre que havia outra pessoa no carro. Ouça entrevista com delegado falando sobre todos os pontos

Na tarde da última quarta-feira 5/01/2022, a reportagem do portal detalhe da noticia e também o apresentador Mitchel Torquato (programa Canal 96 da rádio 96 FM, entrevistaram o delegado Felipe Caldas, titular da Delegacia de Homicídios de Arapiraca, que falou sobre o inquérito que investiga o assassinado do frentista David Wesley Rodrigues, de 24 anos, ocorrido em 23/12/2022, em um posto de combustíveis, no bairro Ouro Preto, em Arapiraca

Segundo informação confirmada pelo delegado, o inquérito está concluído e alguns pontos da investigação tiveram alguns elementos que foram revelados e que ainda não havia sido divulgados, como por exemplo, o fato de que havia mais uma pessoa no carro em que o atirador aparece pegando a arma de fogo e atirando na vítima.

O delegado Felipe, através do trabalho de investigação bem realizado pelos investigadores da DHA, confirmou através de imagens que o homem que cometeu o homicídio, chega ao local com um amigo no banco do passageiro, e depois da discussão, o acusado vai até o carro, pega a arma, comete o assassinato, entra no carro e sai dali, sendo que o amigo que estava no banco de passageiro, segue com ele no carro.

O delegado informou que como de fato não havia mais flagrante, e como a justiça estava em recesso, os trabalhos em torno do caso estavam em fase de conclusão, quando o acusado no crime se apresentou com advogado, foi ouvido e liberado.

O delegado também confirmou que o atirador teria afirmado que o crime ocorreu por motivo fútil, onde o autor teria jogado uma latinha de cerveja fora da lixeira e o frentista havia reclamado, e que ali ocorreu a discussão e o crime em seguida.

O delegado também confirmou que sobre o homem que estava dentro do carro na hora em que o acusado comete o crime e vai embora, o acusado no crime não quis falar nada, não respondeu quem era e nem onde mora o tal amigo que estava com ele.

“ESSA ATITUDE FEZ COM QUE A POLÍCIA COMECASSE A SUSPEITAR DE UMA POSSIVEL PARTICIPAÇÃO DE ALGUMA FORMA , DO HOMEM QUE ESTAVA NO CARRO, MAS ISSO SÓ PODERÁ SER CONFIRMADO , APÓS NOVAS INVESTIGAÇÕES QUE PODERÃO OCORRER, CASO O ATIRADOR CONTINUA NESSE QUESITO , ATRAPALHANDO O ANDAR DA INVESTIGAÇÃO, MAS ATÉ O MOMENTO, DE CONCRETO, TEMOS AQUILO QUE É BEM CLARO NO VÍDEO QUE MOSTRA O MOMENTO DO CRIME” Disse o delegado.

O delegado também informou que nada impede que a pessoa que estava no carro com o atirador se apresente, para as informações necessárias.

O delegado Felipe Caldas, informou ainda que agora o inquérito foi enviado á justiça, de onde está surgindo posicionamento em torno do caso, que causou grande repercussão no interior.

‘ Esse crime trouxe mais uma situação de motivo fútil. Onde a vítima foi um rapaz que estava ali trabalhando e foi assassinado após uma discussão devido o descarte irregular de uma latinha de cerveja. O caso tem todos os elementos que comprovam o ato criminoso e o investigado não tem como negar de fato o crime. O caso foi remetido á justiça. Vamos aguardar também laudos periciais do IML e I.C para juntar tudo e fechar como manda a lei” Disse o delegado.

Acompanhe abaixo a entrevista do delegado, falando ao detalhedanoticia e ao programa Canal 96, apresentado pelo radialista Mitchel Torquato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *