Vídeo: irmão de mulher assassinada no Cangandu, em Arapiraca, fala ao detalhedanoticia, acredita em outra motivação, fala de problemas que irmã tinha e afirma que ela não trabalhava como faxineira; ele também fala do contato com namorado da vítima após o ocorrido

Segundo foi informado para o detalhedanoticia, em uma entrevista concedida ao repórter Mitchel Torquato, pelo irmão de Vandete Rosa de Paula, 38 anos, a moça tinha filhos que os irnmãos tomam conta. Vandete foi morta com golpes de arma branca na madrugada desta sexta-feira (7) no povoado Cangandu, localizado  na zona rural de Arapiraca, Agreste de Alagoas.

Após as informações iniciais, que davam conta de que a moça trabalhava como faxineira em algumas residências na localidade para complementar a renda da família,e que ela dormia com seu companheiro na varanda da residência do casal, quando o autor do crime chegou ao local exigindo que a mesma o entregasse uma carteira que havia sumido da residência na qual ele morava e ela havia feito faxina, e que em seguida o acusado teria esfaqueado Vandete , que morreu, e depois da informação que o companheiro dela teria feito esse relato, informando que o acusado havia fugido, o irmão de Vandete foi então em busca de um contato com o companheiro dela.

Segundo foi passado para a nossa reportagem, pelo irmão da vítima, a moça não trabalhava como faxineira, tinha filhos que os irmão é quem tomam conta, e também informou que Vandete trabalhava na verdade com agricultura, mas que ultimanente estava tendo problema com alcoolismo, e que ultimante o comportamento dela era complicado, sendo que a família já havia tentado até um internamento.

O irmão de Vandete afirmou que é estranha a versão apresentada, e que o companheiro de Vandete mal falou com ele quando o mesmo esteve em contato. Ele também informou que é uma mentira a afirmação de que ela fazia faxina para sustentar os filhos e que é importante que haja uma investigação mais apurada, para saber a real motivação para o crime.

Apesar da declaração do companheiro de Vandete, o irmão da vítima afirmou que acredita sim, que algo a mais esteja por trás do crime. Ele chegou a afirmar que o problema que a irmão tinha com alcoolismo era uma preocupação constante, e que a versão de que o acusado teria matado por que ela teria ido fazer faxina e teria levado algo, ainda não convenceu a família.

O irmão de Vandete esteve no IML de Arapiraca para liberar o corpo da irmã. Veja abaixo a entrevista completa.