Identificado corpo de mulher encontrada morta com mãos amarradas, em Maceió

Foi identificada a mulher encontrada morta, com as mãos amarradas, nessa terça-feira (11), no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió. O Instituto Médico Legal (IML) liberou o corpo para sepultamento na tarde desta quarta-feira (12).

A mulher foi identificada como Elizabete dos Santos Oliveira. Ela tinha 27 anos e era dona de casa. Segundo o laudo da perícia, a morte da vítima foi provocada por instrumento perfuro-contundente.

O corpo de Elizabete foi encontrado por populares em uma área de mata, região de difícil acesso, no bairro do Benedito Bentes. O cadáver estava em decomposição e as mãos estavam amarradas.

A Polícia Civil está investigando o crime, cuja autoria e motivação ainda são desconhecidas.

Relembre

O corpo de uma mulher foi encontrado, nesta terça-feira (11), em estágio avançado de decomposição em uma região de mata, situada nas imediações da Avenida Cachoeira do Meirim, no Benedito Bentes, parte alta de Maceió.

O 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) informou que foi acionado para verificar um possível achado de cadáver na região. Ao chegar em uma região de mata, os policiais se depararam com o corpo. A vítima, que ainda não foi identificada, era uma mulher e estava com as mãos amarradas para trás.

Durante a perícia do Instituto de Criminalística (IC), foram encontrados indícios de que a mulher também foi atingida por disparos de arma de fogo. Contudo, os peritos não tiveram como confirmar a causa da morte, apenas com os levantamentos preliminares, por conta do avançado estado de decomposição do corpo.

Como o cadáver estava em um local de difícil acesso, o Corpo de Bombeiros foi acionado para ocorrência e realizou o resgate. A cena do crime foi isolada até a finalização dos trabalhos dos peritos do IC e o corpo foi recolhido ao Instituto de Medicina Legal (IML). Os agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também estiveram no local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *