Suspeitos de cometer delitos morrem em troca de tiros coma polícia

A ação rápida de militares do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sendo dois policiais em horário de folga juntamente com as equipes de serviço no 6º Batalhão de Polícia Militar resultou em prisões e três armas de fogo retiradas de circulação. O fato ocorreu por volta de 2h da manhã desta sexta-feira (24), na AL101-Norte, no município de Maragogi.

O atendimento contou com a atuação das equipes de Radiopatrulha com apoio da Supervisão, Japaratinga, equipe do adjunto do Copom e Serviço de Inteligência. Foram apreendidas três armas de fogo sendo dois revólveres calibre 38 e uma pistola calibre .40, além de diversas munições (três .40 intactas, 10 calibre 38 intactas e mais 11deflagradas); um telefone celular, uma carteira contendo documentos pessoais e cartões, R$7 em dinheiro e um automóvel Gol 2006 de cor branca.

Ocupantes do veículo teriam efetuado disparos de arma de fogo no povoado São Bento, região onde estava ocorrendo uma festividade junina. O grupo teria atingido uma primeira vítima no peito, seguiram realizando novos disparos, atingindo uma segunda pessoa vitimando fatalmente a ambas (um dos homens tinha 19 e o outro tinha 40 anos de idade).

Entretanto, dois policiais pertencentes ao 6º BPM que estavam de folga, perceberam a situação e prontamente impediram que uma tragédia maior ocorresse. Os dois cabos não só interromperam a ação criminosa a tempo, como também acionaram o efetivo de serviço do batalhão.

Foi iniciado o acompanhamento ao veículo dos suspeitos. No trajeto, os autores desobedeceram a ordem de parada dada pelas equipes na altura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Maragogi e chegaram a disparar por diversas vezes contra os agentes – que responderam à injusta agressão.

Um indivíduo do sexo masculino, de 27 anos de idade, foi preso.

Um segundo foragiu tomando destino ignorado por uma região de mangue e outros dois ficaram feridos, foram socorridos ao Hospital Regional de Porto Calvo, mas não resistiram.

O cidadão que tiver informações sobre o crime ou mesmo sobre o indivíduo que continua foragido pode informar de forma gratuita e anônima ao Disque Denúncia da Segurança Pública ligando para o número 181.